Fad`Nu

Poesia , Alma e Garra

Uma Voz 

Uma Guitarra

Fad Nu vive da cumplicidade intimista que nasce do diálogo cénico e musical entre a cantora e o guitarrista, personagens fulcrais e identificadoras do género reconhecido como Fado

Com evidentes ligações à tradição, apresenta-se no entanto como uma opção livre de dogmas e aberta aos novos caminhos da globalização artística. Poesia com sumo, música com garra e palco com alma, são ingredientes que dão unidade a um espetáculo que pretende não só dar ao fado uma roupagem diferente da tradicional, como também trazer para o fado coisas que nunca lá estiveram.

É neste sentido que se abrem portas aos grandes poetas e trovadores da língua portuguesa, alargando e descobrindo novos repertórios e estabelecendo pontes e afinidades entre diferentes géneros e raízes culturais.

Fad` Nu não tem credos nem fronteiras, tal como a música e a poesia encontra a sua verdade e a sua essência na descoberta de um caminho aberto, que se reinventa a cada novo passo.